Xiaomi Redmi Note 5: Primeiro vazamento revela snapdragon 660 e carga rápida


Atualmente, a linha intermediária é um segmento muito completo, mas dificilmente smartphones conseguem atingir o nível do Xiaomi Redmi Note 4 e Redmi Note 4X na relação qualidade / preço. Abaixo de 500 reais possui uma tela FullHD, uma câmera bastante competente, versões 32 / 64 GB de capacidade, boa memória RAM (3 ou 4 GB dependendo da versão) e um processador que mistura velocidade com economia, estamos falando do snapdragon 625 (alguns chegam a fazer de 10 a 12 horas de tela), e isso é espetacular. Consequentemente seu sucessor seguiria o mesmo caminho, trazendo um ótimo custo x benefício.

Poucas mudanças no design e câmera melhorada

O Xiaomi Redmi Note 4 foi anunciado em 25 de agosto de 2016, mas isso não significa nada, pois ele pode ser anunciado a qualquer momento, xiaomi é xiaomi né rsrs, Enfim, o GSMArena conseguiu por as mãos em alguns detalhes e em seu suposto design que iremos conferir logo abaixo.

Como pode ser visto nas imagens, o Redmi Note 5 aposta em um design bastante continuista no sentido de que manterá o chassi unibody de alumínio e seu tamanho da tela, que continuaria sendo uma tela FullHD. Seu leitor de impressões digitais, seria na frente, e essa mudança para mim seria bem vinda.


A câmera iria ganhar uma melhora. Na parte de trás, teria um sensor da Sony IMX234 com 16 megapixels lente com f / 2.0 e foco a laser, enquanto que na câmera da frente seria um sensor de 13 megapixels.

Adeus Mediatek


Talvez um dos pontos mais interessantes dessa nova geração, sempre de acordo com rumores, é que desta vez não haverá versões com processadores da Mediatek. O Redmi Note 5 viria em duas versões, uma com Snapdragon 630 e outro com Snapdragon 660. Estamos falando de dois chips de muita eficiência energética, com a diferença de que o 660 é mais poderoso graças ao seus núcleos Kryo e GPU Adreno 512.


Falando de eficiência energética, a autonomia é, sem dúvida, a força da atual geração, mas no Redmi Note 5 a bateria cairia de 4100 para 3970 mAh. É uma redução bastante sutil que não deveria afetar muito na sua autonomia, apesar de espessura de 8,35 mm do note 4, o note 5 teria uma espessura de 7,5 milímetros. Outro ponto que seria melhorado era a questão do carregamento rápido.


Conforme relatado pela fonte, ele viria em três versões. A primeira versão seria com 3GB/32GB por U$175 a segunda viria com 4GB/32GB por U$205 e a terceira versão e mais robusta, viria com 4GB/64GB por U$220. Até agora não sabemos qual processador cada versão iria receber, mas acreditamos que o snapdragon 660 seria acoplado apenas na versão de 4GB/64GB.

Principais características do suposto Redmi Note 5:

Tela de 5.5" Full HD 1080p
Processador Snapdragon 630/660
Ram de 3/4GB
Memória de 32/64GB
Câmera traseira de 13 MP, Sony IMX234, f/2.0, PDAF
Câmera frontal de 13 megapixel
Bateria 3790 mAh carga rápida

Até agora, é isso que sabemos do novo intermediário top da xiaomi, só temos que esperar se a previsão ou melhor, o vazamento seria confirmado com a chegada do novo aparelho da Xiaomi. 

Infelizmente o aparelho não seria lançado em nossas terras, mas para quem curte importar se liga na dica clique aqui.



Xiaomi Redmi Note 5: Primeiro vazamento revela snapdragon 660 e carga rápida Xiaomi Redmi Note 5: Primeiro vazamento revela snapdragon 660 e carga rápida Reviewed by Gleikon Fellipe on 7/05/2017 01:09:00 AM Rating: 5